Filipe Feio

Por vezes, sinto-me tocar o sentido da vida, quando sinto que a vida não existe para ter sentido, mas antes para ser vivida.

filipefeio@gmail.com